FERTILIZAÇÃO IN VITRO COM ICSI

Home > Tratamentos

Tratamento de alta complexidade, a fertilização in vitro ICSI (injeção intracitoplasmática de espermatozoides) é considerada o segundo grande marco da Medicina Reprodutiva.

O procedimento é o mesmo da fertilização in vitro clássica (FIV), exceto na etapa de manipulação dos gametas, na junção do espermatozoide com o óvulo. Na FIV, a fertilização se dá em uma incubadora especial que reproduz o ambiente similar ao da tuba uterina, onde milhares de espermatozoides nadam em volta do óvulo, e somente um o penetra e fertiliza. Na ICSI, um único espermatozoide é injetado dentro do óvulo por meio de micro-agulha (sete vezes mais fina que o diâmetro de um fio de cabelo humano), controlada por micro-manipuladores eletrônicos, promovendo, assim, a fecundação.

O tratamento por ICSI consiste nas seguintes etapas:
- indução da ovulação, que em uma primeira etapa, faz uso de medicamento para impedir uma ovulação espontânea, e a seguir de outros, semelhantes aos hormônios produzidos pela mulher, mas em doses maiores, para estimular a produção de vários óvulos maduros. O acompanhamento é feito por ultrassom transvaginal, para avaliar a evolução e determinar o dia da coleta dos óvulos.

- após, ocorre a coleta dos óvulos por aspiração diretamente dos ovários. Esse procedimento é feito minutos antes da ovulação, por uma agulha de punção acoplada a uma sonda de ultrassom transvaginal, em sala de cirurgia, com analgesia leve.

  - a manipulação dos gametas (óvulos e espermatozoides) é realizada com a injeção de um único espermatozoide dentro do óvulo, ocorrendo a fertilização com ICSI, propriamente dita;

- os embriões são mantidos em laboratório em cultivo in vitro de dois a seis dias, quando são transferidos para o útero da paciente;

- a transferência dos embriões para o útero da paciente é feita na clínica, com o auxílio de um cateter, guiado por ultrassom. É recomendado repouso relativo após a transferência, e o teste de gravidez é realizado cerca de 14 dias após a aspiração dos óvulos.

A fertilização in vitro com ICSI se aplica em casos de alteração na quantidade, mobilidade e morfologia dos espermatozoides; de constatação de qualquer disfunção que impossibilite a passagem dos espermatozoides dos testículos até a sua saída na uretra; de alteração que dificulte a penetração do espermatozoide no óvulo; e de presença de antiespermatozoides.

Taxa de sucesso: varia de 25 a 55%, dependendo da idade da paciente e da qualidade dos óvulos coletados.

TOUR VIRTUAL
Conheça a Pronatus

Faça um Tour, conheça a Pronatus.
O nosso fórum de pacientes já está funcionando, com muitas informações e artigos dos médicos moderadores. Fique atento!
PESQUISAR:
© 2010 Pronatus Medicina Reprodutiva - Mapa do site | Política de privacidade | Todos os direitos reservados
Tv. 14 de Março, 942 | Tel: 3259-5459 | 3259-5485 | Belém - Pará | Atendimento das 09h às 19h.
As imagens aqui utilizadas são de propriedade e licenciadas © Pronatus / By Jungle
Para mais informações entre em contato : atendimento@clinicapronatus.com.br

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player